Número de famílias sergipanas em condição de endividamento volta a crescer

 Os efeitos da crise econômica ainda têm afetado as famílias sergipanas. A Pesquisa de Endividamento e Intenção de Consumo realizada pelo Instituto Fecomércio de Pesquisa e Desenvolvimento, da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Sergipe (Fecomércio), apontou um leve crescimento no número de famílias, no bimestre correspondente a junho e julho de 2016. Atualmente, 84,40% das famílias sergipanas pesquisadas na amostragem, encontram-se em situação de endividamento. O número é 0,8% maior que o apresentado na última pesquisa realizada, em maio.
 Das 1.000 famílias ouvidas pela Fecomércio, 84,4% admitiram estar com dívidas. Dentre elas, 29,9% informaram estar em condição de alto endividamento; 26.6% disseram estar com nível médio de dívidas e 27,9% declararam estar com poucas dívidas comprometendo as contas da casa. As famílias na condição mais baixa, as que ganham até 2 salários mínimos mensais são as que estão em maior situação de endividamento, 34,1%; nas famílias com renda média entre 2 e 10 salários mínimos, o alto endividamento atinge 30,8%; e nas casas com renda acima de 10 salários mínimos, o alto endividamento é uma realidade para 10,5%.
 Do outro lado da margem econômica estão os mais folgados no orçamento. Apenas 13,5% das famílias sergipanas pesquisadas negaram ter qualquer tipo de dívida. Nas faixas de renda, 11,4% possuem renda até 2 salários mínimos; 12,8% das que ganham até 10 salários mensais não estão com problemas de endividamento; e 31,6% das famílias com renda mais alta, superior a 10 salários mínimos, disseram não possuir dívidas.
 As contas em atraso, que haviam subido de forma preocupante em maio, atingindo mais da metade das famílias sergipanas, recuaram. O número que era de 50,4% em maio, na última pesquisa realizada pela Fecomércio, caiu para 41,1%, um valor significativo em termos de recuperação econômica das famílias locais. O número de inadimplentes, famílias sem condição nenhuma de pagar as dívidas contraídas, também caiu. O que em maio preocupava 15,1%, recuou para 10,1%. O tempo de atraso das contas das famílias sergipanas está em 67 dias, mantendo estabilidade em relação à pesquisa de maio. O número de meses comprometidos com as dívidas familiares também caiu. Em maio, as famílias detinham um tempo médio de 8 meses comprometidos com pagamentos de dívidas, em julho o tempo reduziu para 6 meses.
 A parcela da renda das famílias comprometida para o pagamento das dívidas se mantém em estabilidade desde o mês de setembro de 2015, quando houve o crescimento do volume de renda para a casa dos 40%. Entre setembro de 2015 e julho de 2016, a parcela de renda comprometida oscilou entre 39 e 43%, confinando em 41,6% na última pesquisa realizada. Os resultados apresentam estabilização do endividamento, período em atraso e parcela de renda comprometida. Reduções residuais em contas em atraso, inadimplência e tempo com dívidas.

COMENTÁRIOS

Nome

Amadense,23,arrastão,1,Bolsa Família,9,Cisternas na Escola,1,cultura,17,danos morais,1,Descaso,6,destaques,2573,educação,47,entretenimento,794,esportes,517,eventos,4,Itabaianinha,35,Itabaianinha FM,152,Itapicuru,89,Mostra literária,3,mundo,222,notícias,1805,Pedro Meneses,9,PIS/Pasep,1,Poço Verde,55,polícia,785,política,313,Riachão do Dantas,8,Rio Real,13,Simão Dias,2,tecnologia,8,Tobias Barreto,677,turismo,1,vaquejada,1,vídeos,19,
ltr
item
Portal Tobiense : Número de famílias sergipanas em condição de endividamento volta a crescer
Número de famílias sergipanas em condição de endividamento volta a crescer
https://2.bp.blogspot.com/-dzVyDl7MJfU/V6vIqlQ5xVI/AAAAAAAAzkE/oqEgqBMBzxcjApW545HSMv4ln6Y-Ghy8gCLcB/s400/Dinheiro.jpg
https://2.bp.blogspot.com/-dzVyDl7MJfU/V6vIqlQ5xVI/AAAAAAAAzkE/oqEgqBMBzxcjApW545HSMv4ln6Y-Ghy8gCLcB/s72-c/Dinheiro.jpg
Portal Tobiense
http://www.portaltobiense.com.br/2016/08/numero-de-familias-sergipanas-em.html
http://www.portaltobiense.com.br/
http://www.portaltobiense.com.br/
http://www.portaltobiense.com.br/2016/08/numero-de-familias-sergipanas-em.html
true
1696021387069615240
UTF-8
Carregar todas as matérias Não foram encontradas matérias Ver todas Leia mais Resposta Cancelar resposta Apagar Por Início Páginas Matérias Ver todas Veja também Tópicos Arquivo Buscar Todas as matérias Não foram encontrados resultados para sua pesquisa Início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir Este conteúdo é PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar tudo Selecionar tudo Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar