Bombeiros alertam sergipanos e turistas sobre o perigo das “piscininhas” nas praias

  O Grupamento Marítimo do Corpo de Bombeiros de Sergipe, o Gmar continua alertando sergipanos e turistas quanto aos riscos de afogamento nas praias, durante o Verão. Para se ter uma ideia, somente no primeiro dia de 2017, foram registradas na Praia de Atalaia.
  De acordo com o sargento Wedmo Mangueira, guarda-vidas do Gmar, é durante o Verão que são formadas as valas e os valões, aumentando os riscos de afogamento. “Os valões são as famosas piscininhas que os banhistas adoram e tornam-se perigosos porque são áreas de maior profundidade em relação ao seu entorno e as pessoas podem cair sem esperar em buracos gigantes”, explica
  O guarda-vidas informou que o valão funciona como uma armadilha, sendo responsável por 90% dos casos de afogamento registrados na Atalaia. “O valão se caracteriza pela ausência de ondas com espuma. Isso porque a onda não quebra onde é fundo. Então, se perceber que existe um local específico na praia que está sem ondas, cuidado! Pode ser um valão”, alerta.
Cuidados
  'Entre os cuidados apontados, estão: ao chegar à praia com crianças, procurar um guarda-vidas e solicitar pulseiras de identificação; reforçar os cuidados caso deixem entrar sozinha no mar, não a perder de vista; mostrar pontos de referência de localização; lembrar que a criança deve estar em constante supervisão de um adulto.
  Caso encontre alguma criança perdida, levar imediatamente a um posto de guarda-vidas ou de autoridades competentes; Evitar entrar no mar após ingerir bebidas alcóolicas e logo após as refeições; Não nadar próximo às bandeiras de sinalização que indicam perigo no mar; Evitar tomar banho em locais que tenham valas e buracos.
  
Por Agência de Notícias Alese/Com informações do Gmar

Nenhum comentário

Portal Tobiense

Beauty