Fecomércio discute oportunidades para negócios em Moçambique

 Os empresários sergipanos conheceram uma nova oportunidade de realização de negócios para o comércio exterior, durante a visita do representante comercial de Moçambique, o advogado Aníbal Monteiro, aos membros do conselho da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Sergipe (Fecomércio), na tarde desta quinta-feira (13), quando foram discutidas propostas que o governo do país tem para os empresários do comércio de Sergipe.
 Aníbal esteve reunido com o presidente da Fecomércio, Laércio Oliveira, o vice-presidente Hugo França, e os conselheiros, Fernando Carvalho, José Carlos Quintino de Moura e Marcos Andrade, que conheceram as propostas apresentadas por Monteiro, sobre os mecanismos moçambicanos promovidos para a expansão de transações comerciais entre Sergipe e o mercado africano, tendo Moçambique como porta de entrada para a exportação de produtos e serviços de nosso estado.
 As propostas apresentadas deixaram os empresários interessados na expansão das ações comerciais das empresas sergipanas, alcançando terras pouco exploradas pelos comerciantes brasileiros. O potencial das empresas sergipanas é reconhecido como grande para os representantes de Moçambique, e por isso desejam estreitar as relações comerciais com o Brasil. Segundo Monteiro, Sergipe é um estado que tem um grande potencial para as exportações e fornecimento de bens de consumo para o povo moçambicano e dos países vizinhos, principalmente na exportação de alimentos, devido à sua proximidade geográfica, para transporte marítimo.
 Os produtos brasileiros são muito consumidos no mercado africano e inserir Sergipe no contexto de comércio internacional com o continente é importante para o presidente Laércio Oliveira. “Sergipe tem grande potencial de exportações, já discutimos em outras oportunidades a capacidade de expandir os negócios das empresas sergipanas com a República Do Congo e essa nova oportunidade para Moçambique pode ser mais um viés de ganho comercial para Sergipe. Recentemente, levei nossas propostas também para a Argentina, mostrando o que nosso estado é capaz de produzir e vender para o mercado internacional”, destacou Laércio.
 A relação comercial entre o estado de Sergipe e os países africanos via Moçambique é uma questão que será trabalhada em sintonia com as autoridades diplomáticas do país, via seu consulado no Brasil.  O presidente da Fecomércio valorizou a iniciativa e destaca que esse é o primeiro passo para uma relação comercial duradoura e que promoverá ganhos para os comerciantes sergipanos.
“Temos plena capacidade de exportar alimentos, carnes de qualidade, produtos que são difíceis de serem produzidos em Moçambique e a visita da representação diplomática foi importante para estudarmos as possibilidades de negócios. Certamente, faremos transações de grande monta para o estado, o que vai reverter em benefícios para todo o povo sergipano”, comentou o presidente.

Por Márcio Rocha
Foto assessoria


Nenhum comentário

Portal Tobiense

Beauty