Com apenas 563 homens, CBM está há dez anos sem fazer concurso púbico

 Há dez anos sem fazer concurso público para aumentar o efetivo do Corpo de Bombeiros Militares do Estado de Sergipe (CBM/SE), a corporação está totalmente desfalcada e a população vive em constante risco por falta de atendimento em caso de necessidade.
 A recomendação da ONU é que para cada habitante, seria necessário um bombeiro militar e no caso de Sergipe que tem cerca de 2,2 milhões de habitantes o que indica que o estado teria que ter 2.200 Bombeiros Militares, quando hoje o estado tem 563 homens.
 Na manhã desta segunda-feira (29), o assessor jurídico da Amese, o advogado Márlio Damasceno, disse em entrevista ao programa Jornal da Ilha, primeira edição, que além de não haver viaturas suficientes, o caso mais grave acontece no caso dos mergulhadores dos bombeiros militares, que hoje conta com apenas seis homens. "Isso provoca um grande problema, porque a cada dia é formado uma equipe com três mergulhadores e com isso, um dia o estado fica sem mergulhadores porque eles tem que ter o descanso necessário. Ontem mesmo, não tinha mergulhadores de plantão e duas pessoas morreram afogadas. Ai não tem mergulhador para recolher os corpos", explicou o advogado.
 A promotora pública, Dra. Euza Missano, também participou da entrevista e afirmou que o Ministério Pública já tem conhecimento da situação e está tomando as providências para tentar resolver a situação. A promotora explicou ainda que há a necessidade de se fazer o concurso público mas que isso acontecendo ainda assim, o problema não será resolvido, porque mesmo que o concurso ocorra hoje, os aprovados terão pelo menos dez meses para a preparação.
 Na semana passada, aconteceu uma audiência pública onde deveria participar o secretário de segurança pública e segundo as informações, pela segunda vez ele não compareceu.
 No interior do estado, a situação é ainda mais preocupante, já que além do número reduzido de bombeiros, há ainda a falta de viaturas. No caso de Itabaiana, os bombeiros militares tem a função de atender vários municípios do interior do estado.

Nenhum comentário

Portal Tobiense

Beauty