Caixa Econômica antecipa pagamento de FGTS inativo; agência de Tobias Barreto abrirá sábado, 10

 No próximo sábado, 10, a Caixa Econômica antecipará a quarta etapa do pagamento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS).
 As pessoas que nasceram nos meses de setembro, outubro e novembro poderão realizar o saque das suas contas inativas do FGTS. O último dia para pagamento, independentemente da data do nascimento, é 31 de junho.
 De acordo com a Assessoria de Comunicação da Caixa Econômica Federal em Sergipe, até o momento 68.699 sergipanos já realizaram o saque, número considerado dentro do previsto. Para quem optou pelo crédito em conta, a liberação dos recursos também será antecipada.
 As agências abrirão neste sábado a partir das 9h da manhã, seguindo até as 15h. Nos dias 12, 13 e 14 de junho os atendimentos serão exclusivos, quando todas as agências do banco abrirão duas horas mais cedo.
 O valor disponível para saque nesta quarta fase é de cerca de R$ 10,9 bilhões. A Caixa Econômica Federal divulgou que está mantido para 15 de junho o início da quinta fase dos saques das contas inativas, que vai atender aos trabalhadores nascidos em dezembro. O prazo final para o saque de recursos, para trabalhadores nascidos em qualquer mês, é 31 de julho.
 As agências abertas em Aracaju no próximo sábado serão às Serigy, Luciano Barreto, Melicio Machado, Fausto Cardoso, Augusto Leite e Siqueira Campos. No interior do estado funcionará a agência Marcelo Montalvão, no município de Estância, além das agências de Itabaiana, Lagarto, Tobias Barreto e Nossa Senhora do Socorro.
Quem tem o direito de sacar?
 Todas as pessoas que possuem saldo nas contas inativas até o dia 31 de dezembro de 2015. Essas contas inativas são de pessoas que deixam de receber o benefício do FGTS devido à extinção ou rescisão do contrato de trabalho. Para receber, o trabalhador deve estar afastado da empresa ao qual a conta inativa está vinculada pelo menos desde o final de 2015. Não é possível sacar o FGTS de uma conta ativa.
Documentação necessária
 É preciso portar o número de inscrição do PIS/Pasep, documento de identificação do trabalhador e comprovante de finalização do contrato de trabalho (CTPS ou termo de rescisão do contrato de trabalho).
Com informações do Jornal da Cidade

Nenhum comentário

Portal Tobiense

Beauty