Série C: Confiança perde para o Remo no Batistão

 O Confiança sofreu mais um tropeço na Série C – e desta vez foi diante de sua torcida. Pela quarta rodada da competição, na noite desta segunda-feira, 5, o Dragão criou chances, foi pra cima, mas em um vacilo isolado cedeu o gol que deu a vitória por 1 a 0 para o Remo-PA em pleno estádio Lourival Baptista.
Com a derrota, a primeira do Confiança dentro de casa, o Dragão segue com seis pontos, mas na sexta colocação. Na próxima rodada, o time azulino irá receber o Sampaio Corrêa-MA no Batistão. O jogo será na próxima segunda-feira, 12.
O jogo
 Ciente de que precisava vencer para apagar a péssima memória da última partida – a acachapante derrota por 4 a 0 para o Moto Club-MA -, o elenco do Confiança entrou ligado no jogo. A pressão sobre o Remo era clara, e logo aos 6 minutos Álvaro fez boa jogada pela linha de fundo, mas ao invés de bater para o gol, o camisa 10 tocou para o meio da área – e a zaga afastou. Chute a gol sério só aconteceu aos 18, quando Felipe Cordeiro disparou pela direita e mandou um torpedo que obrigou Vinicius a se esticar para desviar.
 O Remo conseguia chegar na área do Confiança, mas não concluía. O Confiança, por outro lado, teve mais uma boa oportunidade. Aos 34, Rafael Vila lançou Tito, que se livrou da marcação e bateu cruzado. A conclusão fez a bola passar com perigo rente à trave direita. Nos últimos minutos do primeiro tempo, enquanto o jogo estava parado, Tito e Everton se estranharam e discutiram diante de todos – mas mesmo com seus problemas pontuais, o time azulino foi para o intervalo com uma apresentação ligeiramente superior à do Remo.
 Mas o segundo tempo geralmente é outra partida – e no primeiro lance de ataque dos visitantes na etapa complementar, as redes balançaram. Aos 7, Edgar recebeu na entrada da área, se livrou do marcador e chutou com força à meia altura no canto direito: Remo 1 a 0.  O gol acendeu a luz de emergência no time proletário, que foi pra cima – com grande ajuda das três alterações de Leandro Sena, todas ofensivas.
 Aos 18, Tito foi pra linha de fundo e tocou para trás em direção à pequena área para encontrar Thiago Silvy. O problema é que a bola desviou na zaga e foi parar atrás do atacante, que estava diante do gol aberto – e a defesa paraense afastou.  A partir daí, iniciou-se um festival de cruzamentos para a área do Remo que não resultaram em grande coisa. E aos 36, em contra-ataque, o time paraense quase matou o jogo: Jéferson ficou diante do gol sem goleiro, mas se complicou, não concluiu bem e permitiu que Jardel afastasse a bola. E nada mais aconteceu para alterar o placar.

FICHA TÉCNICA
Confiança 0 x 1 Remo-PA
Gol: Edgar (7’ 2t)


CONFIANÇA
Henrique, Felipe Cordeiro, Gabriel, Anderson, Jardel, Radar (André Beleza), Éverton, Rafael Vila (Jussimar), Tito, Álvaro (Léo Ceará), Thiago Silvy

REMO
Vinícius, Léo Rosa, Henrique (Jéferson), Igor João, João Paulo (Marcelo Duarte), Gerson, Micael, Tsunami, Nino Guerreiro, Eduardo Ramos, Edgar (Jaime)
Cartões amarelos:  Álvaro, Igor João, Micael, Nino Guerreiro

Renda: R$ 67.398
Público total: 4601
Público pagante: 4148


Por Igor Matheus


Nenhum comentário

Portal Tobiense

Beauty