STF define que furto de celular de até R$ 500 deixa de ser crime se não houver violência

 Os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) reconheceram furtos de celulares de valor máximo de R$ 500 e que não apresentarem ameaças ou violência à vítima podem ser enquadrados no princípio de insignificância.
 De acordo com a revista Consultor Jurídico, o entendimento da suprema corte partiu da 2ª Turma do STF, após um julgamento no último mês de maio de um homem que furtou um aparelho celular no valor de R$ 90 em Minas Gerais.
 De acordo com o site do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios, o princípio de insignificância ou bagatela descriminaliza determinados atos por acreditar que o direito penal não pode julgar condutas em que “o resultado não é suficientemente grave a ponto de não haver necessidade de punir o agente, nem de se recorrer aos meios judiciais”.
 O professor doutor em Direito Penal da Universidade Federal do Ceará (UFC), Daniel Maia, explica que a suprema corte só fez confirmar o entendimento compartilhado pelos outros tribunais há anos. Mas não são todos os furtos de celular que se enquadram nesse princípio. É preciso atender alguns requisitos estabelecidos pela Justiça.
 “O crime não pode ter tido violência nem grave ameaça. A ação deve ter sido cometida contra o patrimônio e o responsável pelo ato não pode ser reincidente”, explicou Daniel.
 Ele acrescenta também que o valor do aparelho estabelecido pela Justiça de R$ 500 trata-se de um referencial. Cabe a Justiça avaliar as condições financeiras de cada vítima. Por exemplo: se a vítima tiver um celular no valor de R$ 500 e a sua renda for de um salário mínimo, o princípio não se aplica.
 “O princípio não estabelece um percentual fixo de quanto custa  a insignificância, devendo isso ser analisado caso a caso pela Justiça, inclusive levando em consideração o potencial econômico da vítima”, esclarece Daniel.

COMENTÁRIOS

Nome

Amadense,23,arrastão,1,Bolsa Família,8,Cisternas na Escola,1,cultura,17,danos morais,1,Descaso,6,destaques,2518,educação,45,entretenimento,776,esportes,511,eventos,4,Itabaianinha,33,Itabaianinha FM,152,Itapicuru,88,Mostra literária,3,mundo,220,notícias,1785,Pedro Meneses,9,PIS/Pasep,1,Poço Verde,54,polícia,773,política,306,Riachão do Dantas,8,Rio Real,13,Simão Dias,2,tecnologia,8,Tobias Barreto,639,turismo,1,vaquejada,1,vídeos,19,
ltr
item
Portal Tobiense : STF define que furto de celular de até R$ 500 deixa de ser crime se não houver violência
STF define que furto de celular de até R$ 500 deixa de ser crime se não houver violência
https://1.bp.blogspot.com/-aoddtAUFa9M/WXulpliZmUI/AAAAAAAA5cw/TD4VedTMbj0FBfw6WdRQmSl3zHHK5ZORwCLcBGAs/s320/060215163605.jpg
https://1.bp.blogspot.com/-aoddtAUFa9M/WXulpliZmUI/AAAAAAAA5cw/TD4VedTMbj0FBfw6WdRQmSl3zHHK5ZORwCLcBGAs/s72-c/060215163605.jpg
Portal Tobiense
http://www.portaltobiense.com.br/2017/07/stf-define-que-furto-de-celular-de-ate.html
http://www.portaltobiense.com.br/
http://www.portaltobiense.com.br/
http://www.portaltobiense.com.br/2017/07/stf-define-que-furto-de-celular-de-ate.html
true
1696021387069615240
UTF-8
Carregar todas as matérias Não foram encontradas matérias Ver todas Leia mais Resposta Cancelar resposta Apagar Por Início Páginas Matérias Ver todas Veja também Tópicos Arquivo Buscar Todas as matérias Não foram encontrados resultados para sua pesquisa Início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir Este conteúdo é PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar tudo Selecionar tudo Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar