Novo projeto de lei pode barrar críticas contra políticos no Brasil

 A pouco mais de um ano das próximas eleições no país, um novo projeto de lei em tramitação na Câmara dos Deputados vem causando polêmica por poder dificultar a vida dos cidadãos brasileiros que quiserem falar mal de políticos na Internet. 
 Apresentado no último dia 31 de agosto, o PL 8.443/2017 de autoria do deputado federal Luiz Lauro Filho (PSB-SP) estabelece o chamado Direito ao Esquecimento e propõe mudanças nos artigos 7 e 9 da Lei do Marco Civil da Internet, de 2014. O PL prevê, entre outras coisas, que “todo cidadão tem o direito de requerer a retirada de dados pessoais que sejam considerados indevidos ou prejudiciais à sua imagem, honra e nome, de qualquer veículo de comunicação de massa”.
Internet chapa branca
 Para o especialista em direito digital e diretor do Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro (ITS-RJ), Carlos Affonso Souza, a proposta vai contra toda a lógica do Marco Civil e da própria Internet. Isso porque o projeto determina que esses requerimentos para retirada de dados das páginas sejam enviados diretamente para os sites e redes sociais e analisados em um prazo de até 48 horas. 
 Affonso aponta que, caso seja aprovado, o novo PL poderia ser negativo para a inovação e também teria um “efeito cala a boca” na Internet brasileira, que se tornaria um lugar ‘chapa branca’. “Imagina uma startup que criou um site recebendo uma notificação e tendo que respondê-la em 48 horas. Isso pode ter um efeito gigantesco. A possibilidade de remoção viraria a regra”, explica o especialista. 
Segredo de justiça
 O diretor do ITS-RJ também critica o segundo parágrafo do Artigo 3º do PL, que determina que as chamadas pessoas públicas, categoria que inclui políticos, deverão solicitar o direito ao esquecimento por via judicial com possibilidade de segredo de justiça. “Isso vai contra a transparência que se espera do exercício de um político, de uma pessoa com mandato eletivo, para saber qual o tipo de discurso que essa pessoa determina como ofensivo.”
 O especialista afirma ainda que o artigo 19, alvo do PL, já protege os usuários em casos do tipo. “O artigo 19 não condiciona a remoção de conteúdo a uma ação judicial, o provedor tem a liberdade de escolher. Só esse entendimento já joga por terra a alteração que o PL tenta fazer, que é duplamente prejudicial `a liberdade de expressão e vai contra algo que já vem sendo reconhecido pelos nossos tribunais.” 
 Por fim, Affonso destaca que, em vista das Eleições de 2018, o segundo semestre deste ano será crítico para a liberdade de expressão no Brasil. “É agora que vão aparecer os projetos de lei que vão tentar tornar a liberdade de expressão mais restrita.”
Outro lado
 Procurado pela nossa reportagem, o autor do projeto em questão, o deputado Luiz Lauro Filho, afirma que essa interpretação do especialista não condiz com a real intenção do seu PL. “O Projeto de Lei 8.443/2017 foi apresentado com o objetivo de oportunizar que todo cidadão tenha o direito de requerer, diretamente ao meio de comunicação, a retirada de dados pessoais que sejam considerados indevidos ou prejudiciais à sua imagem, honra e nome. A proposta em nada tem a ver com a proteção a políticos e, sim, ao cidadão que se sentir atingido em sua intimidade.”
 O político diz ainda que “o Direito ao Esquecimento já é um instituto de direito reconhecido e aplicado pelos tribunais brasileiros, porém, falta regulamentação legal, ficando apenas no campo dos princípios constitucionais e, de forma implícita, no artigo 11 do Código Civil”.
 Para terminar e também “evitar a continuidade da interpretação equivocada do texto”, o deputado lembra que apresentou um substitutivo ao PL para proibir que “agentes políticos, detentores de mandato eletivo e pessoas que respondam a processos criminais ou tenham contra elas sentença penal condenatória, tenham acesso ao beneficio do referido projeto de lei”.

COMENTÁRIOS

Nome

Amadense,23,arrastão,1,Bolsa Família,9,Cisternas na Escola,1,cultura,17,danos morais,1,Descaso,6,destaques,2570,educação,46,entretenimento,793,esportes,517,eventos,4,Itabaianinha,35,Itabaianinha FM,152,Itapicuru,89,Mostra literária,3,mundo,222,notícias,1805,Pedro Meneses,9,PIS/Pasep,1,Poço Verde,55,polícia,784,política,313,Riachão do Dantas,8,Rio Real,13,Simão Dias,2,tecnologia,8,Tobias Barreto,676,turismo,1,vaquejada,1,vídeos,19,
ltr
item
Portal Tobiense : Novo projeto de lei pode barrar críticas contra políticos no Brasil
Novo projeto de lei pode barrar críticas contra políticos no Brasil
https://3.bp.blogspot.com/-cK9IbbVMcQE/Wbx2oxC0nLI/AAAAAAAA6GQ/Fb19Awis8ZUZWd6blFQw4nPETky3D1a4wCLcBGAs/s320/censura-na-rede.jpg
https://3.bp.blogspot.com/-cK9IbbVMcQE/Wbx2oxC0nLI/AAAAAAAA6GQ/Fb19Awis8ZUZWd6blFQw4nPETky3D1a4wCLcBGAs/s72-c/censura-na-rede.jpg
Portal Tobiense
http://www.portaltobiense.com.br/2017/09/novo-projeto-de-lei-pode-barrar.html
http://www.portaltobiense.com.br/
http://www.portaltobiense.com.br/
http://www.portaltobiense.com.br/2017/09/novo-projeto-de-lei-pode-barrar.html
true
1696021387069615240
UTF-8
Carregar todas as matérias Não foram encontradas matérias Ver todas Leia mais Resposta Cancelar resposta Apagar Por Início Páginas Matérias Ver todas Veja também Tópicos Arquivo Buscar Todas as matérias Não foram encontrados resultados para sua pesquisa Início Domingo Segunda Terça Quarta Quinta Sexta Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais de 5 semanas atrás Seguidores Seguir Este conteúdo é PREMIUM Compartilhe para desbloquear Copiar tudo Selecionar tudo Todos os códigos foram copiados para a área de transferência Não é possível copiar os códigos / textos, por favor pressione [CTRL] + [C] (ou CMD + C com Mac) para copiar