#URGENTE Assessor do Deputado Dílson de Agripino é condenado a retirar de suas redes publicações contra o Prefeito Diógenes Almeida

A 2ª Vara Cível e Criminal de Tobias Barreto determinou que o assessor do deputado estadual Adilson de Jesus Santos (Dilson de Agripino), Leonardo César Leal de Oliveira, retire de suas redes sociais publicações agressivas de cunho pessoal contra o prefeito de Tobias Barreto, Diógenes Almeida.

No último dia 30 de julho de 2020, em uma transmissão ao vivo em seu Facebook pessoal, Leonardo Leal acusou o prefeito de ser mandante de uma tentativa de homicídio contra a sua vida, “ultrapassando o limite do razoável, pois somente causam ofensa pessoal ao autor”.

O assessor foi sentenciado em ação cível de indenização por danos morais e tutela antecipada, proposta pelo próprio Diógenes Almeida, e tem o prazo de 48 (quarenta e oito) horas, a contar da intimação, para retirar o vídeo difamatório do ar, bem como retirar qualquer matéria advinda desses fatos e de outros conteúdos difamatórios em outros sites, aplicativos, redes sociais, whatsapp ou canais de comunicação. Além desta ação está sendo também processado criminal pela mentira proferida na rede social.

 

Verifique também

URGENTE: Justiça de Tobias Barreto determina o cancelamento de carreata do candidato Dílson de Agripino

O único candidato majoritário que não atendeu à recomendação do Ministério Público para suspender as …