Caminhões-pipa vão realizar abastecimento no município de Tobias Barreto, diz Governo

0
167

O Governo de Sergipe nesta segunda-feira (14) informou que uma operação de abastecimento através de caminhões-pipa vai ser realizada para fornecer água para o município de Tobias Barreto. O fornecimento de água tem previsão de ser iniciado na sexta-feira (18).

A ação, vai ser realizada em conjunto com a Polícia Militar, a Prefeitura de Tobias Barreto e a Defesa Civil Estadual. O município será dividido em 19 distritos, onde cada um terá uma caixa d’água com capacidade para 10 mil litros, sendo abastecidas diariamente com 15 caminhões-pipa para fornecimento de água.

“O fornecimento dessa água vai ser através de caminhão-pipa, que fará a distribuição através dos pontos de saída da caixa d’água e as pessoas vão a esses pontos de coleta com seus vasilhames para retirar a água. Paralelamente, a Deso vai fornecer água também pela rede, outra parte pelos carros-pipa, e outras partes pela caixa d’água, da adutora”, disse Marcos Roberto Carvalho Lima, superintendente de Operações da Deso.

De acordo com o Governo, a medida acontece paralela às obras da Adutora de Itapicuru (BA), que é uma alternativa para a estiagem que atinge o município Tobias Barreto e a grave situação da barragem Jabeberi. O projeto, elaborado pela Deso, vai levar água do município de Itapicuru (Bahia), no povoado Catu Grande, através de poços artesianos, até Tobias Barreto, numa distância de 15 quilômetros.

Seca

A barragem que abastece o município de Tobias Barreto secou e mais de 35 mil famílias estão sem água. O nível da água está tão baixo que ela não consegue chegar na tubulação.

Segundo o prefeito Diógenes Almeida, a adutora que leva água da barragem para o município foi feita para suportar 30 anos, mas em 10 já não dá conta. Em novembro deste ano, houve uma reunião entre representantes da Deso, da prefeitura e de vários órgãos para discutir medidas para resolver o desabastecimento na cidade.

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.