DIÓGENES ALMEIDA LIDERA PESQUISA EM TOBIAS BARRETO

0
415

Pesquisa realizada pelo Instituto França em Tobias Barreto mostra com exclusividade a opinião pública sobre as eleições municipais. Foram ouvidos 488 eleitores entre os dias 20 e 23 de julho 2020.

A pesquisa considerou o perfil dos entrevistados avaliando o sexo, faixa etária, escolaridade e renda. A margem de erro é de 4% e o índice de confiabilidade de 95%.

Foram apresentados sete nomes para os eleitores. Na disputa, o prefeito Diógenes Almeida, atual gestor do município, alcançou uma considerável liderança, com 45,9% das intenções de voto. O ex-prefeito e atual deputado estadual Dilson de Agripino, ficou na segunda colocação com 25,6% das citações. Magno Araújo obteve 3,9% das intenções; Cezar Prado, 3,1%; Gal de Filó, 2,1%; Antônio Nery, 0,8%; Beta, 0,6%.

Nenhum/branco e nulo somaram 7,6%; não sabem/indecisos: 10,4%. A pesquisa está registrada no TRE com o número SE-08406/2020.

CONFIRA OS NÚMEROS:

– Diógenes Almeida: 45,9%.
– Dilson de Agripino: 25,6%.
– Magno Araújo: 3,9%.
– Cezar Prado: 3,1%.
– Gal de Filó: 2,1%.
– Antônio Nery: 0,8%.
– Beta: 0,6%.
– Nenhum/branco/nulo: 7,6%.
– Não sabem/indecisos: 10,4%.

 

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.