ECONOMIA: Cesta básica de Aracaju registra alta de 2% em novembro

O mês de novembro fechou com a cesta básica na capital custando R$ 451,32, segundo a pesquisa realizada pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE). O aumento foi de 2%, comparado ao mês anterior e 38,7%, quando levado em consideração novembro do ano passado.

Entre as capitais analisadas, Aracaju ficou com o custo mais baixo, seguida de João Pessoa (R$ 454,85) e Natal (R$ 455,43).

De acordo com os dados analisados pela equipe do Boletim Econômico de Sergipe, de janeiro a novembro, o custo da cesta em Aracaju acumulou alta de 28,2% em relação a 2019.

O produto com maior alta foi o óleo de soja, com aumento de 12,9%, conferindo destaque nacional para Aracaju como capital com a terceira maior elevação nesse item.

O tomate Aracaju também teve destaque com uma redução de aproximadamente 2,6%, sendo quem em 15 das 17 capitais pesquisadas foi registrado aumento neste item.

A capital que registrou o custo mais elevado da cesta básica foi Rio de Janeiro (R$ 629,63), seguida de São Paulo (R$ 629,18) e Porto Alegre (R$ 617,03).

Por G1 SE

Veja Também

Yahoo Respostas chega ao fim: relembre algumas pérolas da plataforma.

O Yahoo anunciou, na última semana, que sua plataforma social de perguntas e respostas, a …

Open chat
Fale Conosco