Ministério Público faz novas recomendações ao chefe do Executivo, ao Comercio local e a População por conta do Coronavírus

Como medida de prevenção à pandemia do Coronavírus, o Ministério Público de Tobias Barreto oficiou, nesta segunda-feira (06), o prefeito Diógenes José de Oliveira Almeida.

 

CONSIDERANDO informações, inclusive fotográficas, de que a feira livre de alimentos de Tobias Barreto perdeu todo o controle no que se refere à contenção de aglomeração;

CONSIDERANDO que o Decreto Estadual n° 40.567/2020 apenas possibilitou o funcionamento das feiras livres de alimentos desde que adotados os devidos cuidados para evitar aglomeração;

O Promotor de Justiça Dr. Paulo José, solicitou também, que o Prefeito informe, em 48 (quarenta e oito) horas, quais serão as medidas adotadas para evitar ou sanar eventual descumprimento das leis sanitárias.

A promotoria justificou as medidas como uma garantia constitucional da saúde, a responsabilidade do órgão em combater práticas abusivas e o direito ao consumo sustentável.

Assim como foi realizado no Município de Aracaju, as feiras livres de alimentos poderão ser suspensas para readequação e melhor organização.

São ações como isolamento entre os consumidores, número limitado de compradores nas lojas, preferência de horário aos idosos e vestimenta adequada dos funcionários.

O ofício é assinado pelo promotor Paulo José Francisco Alves Filho da 2ª Promotoria de justiça da Comarca de Tobias Barreto.

Conforme a promotoria, a recomendação deve ser divulgada, nas emissoras de rádio, nos meios digitais e sites dos estabelecimentos, bem como afixados nas lojas.

 

Confira as recomendações:

 

–    Readequação da feira livre ou suspensão;

– Bancos adotarem providências para evitar aglomerações. Deverá ser guardada distância mínima de 1 metro entre cada consumidor nas filas a qualquer atendimento;

 

– Os atendimentos nos estabelecimentos deverão ser realizados por funcionários devidamente vestidos e trajados com máscaras e luvas, sem prejuízo de esterilização com álcool em gel.

 

Por fim, o Promotor de Justiça, informou que o Ministério Publico manteve contanto com a Diretoria do Banco do Estado de Sergipe, o Banese e fez uma série de pedidos entre eles a criação de linhas de crédito e renegociações para comerciantes de Tobias Barreto.

2ª PROMOTORIA DE JUSTIÇA CÍVEL E CRIMINAL DA COMARCA DE TOBIAS BARRETO

Notifique-se e publique-se, através do e-mail dos respectivos gestores e no grupo criado na mídia social whatsaap (GERENCIAMENTO COVID-19) formado por agentes públicos dos Poderes Legislativo, Executivo e Ministério Público, ante a urgência da situação a demandar respostas céleres e compatíveis com os desafios de tempo impostos pela epidemia do COVID-19.

Tobias Barreto/SE, 06 de abril de 2020.
PAULO JOSÉ FRANCISCO ALVES FILHO
Promotor de Justiça

 

Por Adissandro Pinheiro, Direto da redação

Fonte: Ministério Publico de Tobias Barreto

 

Verifique também

URGENTE: Live da Verdade revela suposto esquema criminoso sobre habite-se na gestão do ex-prefeito Dílson de Agripino

🚨 ESQUEMA CRIMINOSO DOS GRANDES! Durante a transmissão de uma live no Facebook, na noite …