Exclusivo: MP irá apurar regularidade no fornecimento de merenda para alunos da rede estadual

Após receber uma série de denúncias quanto a irregularidades no fornecimento de merendas oferecidas aos alunos da rede estadual de ensino, o Ministério Público e o Sindicato dos Trabalhadores em Educação Básica do Estado de Sergipe (Síntese), decidiram visitar algumas unidades.

 

A informação foi passada com exclusividade à Xodó FM, através do promotor de justiça da cidade de Tobias Barreto, Dr. Paulo José.

Na entrevista, Dr. Paulo relatou que visitas in loco comprovaram a veracidade das denúncias. A partir destas visitas, segundo o promotor, foi elaborado um documento que sera encaminhado ao Executivo para que este, através da Secretaria de Educação, promovao mais breve possível, os reparos necessários à situação. “Na maioria das escolas inspecionadas, foram constatadas, as denúncias feitas pelos professores, diretores, alunos e merendeiras. O caminhão que transporta os alimentos, traz uma quantidade irrisória que não supri os 3 turnos da escola. Para se ter uma ideia, gasta-se mais com as viagens do caminhão do que com produto transportado. O fato foi constatado na Escola estadual João Antônio Cezar que fica na Avenida Joao Alves Filho no centro de Tobias Barreto. “, detalha o promotor Paulo José.

Para o SINTESE, é preciso que o pais de alunos, acompanhem a vida diária dos filhos na escola e que o trabalho em parceria com o Ministério Público não pode parar. Em caso de não acatamento da recomendação no prazo estipulado, o MP entrará com medidas judiciais.

Quem tiver informações sobre falta de merenda escolar nas unidades, pode enviar denúncias para a 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de Tobias Barreto Local: Fórum João Fontes de Faria – Av. José Davi, s/nº, ou pelo e-mail paulojose@mpse.mp.br .

Por Adissandro Pinheiro

Da redação Xodó News

Verifique também

Tobias Barreto comemora hoje, 23 de outubro, 111 anos de Emancipação Política

Nesta sexta-feira 23/10, a cidade Tobias Barreto comemora seus 111 anos de Emancipação Política.  A cidade …