EXCLUSIVO: Rádio Comunitária faz campanha antecipada para ex-prefeito

0
466

Toinho Nery usa programa de rádio “A Voz do Povo” como forma de autopromoção

Durante aproximadamente 3 horas, o ex-prefeito Antônio Nery do Nascimento Junior, usou e abusou da Rádio Comunitária Tobias Barreto FM 87,9 a favor do então deputado estadual e ex-prefeito de Tobias Barreto Dílson de Agripino. O programa foi ao ar neste sábado dia 01 de fevereiro de 2020.

Ao longo do programa, Toinho Nery e representantes do grupo político de Dílson, respondeu várias perguntas dos ouvintes e atacou diretamente o atual prefeito de Tobias Barreto Diógenes José de Oliveira Almeida, seu filho Diógenes Junior e vários secretários.

O programa “A Voz do Povo”, vai ao ar todos os sábados das 12 às 15 horas na Rádio Comunitária Tobias Barreto FM 87,9 que fica praticamente nos fundos da casa do ex-prefeito Dílson de Agripino.

Para Diógenes Almeida, chefe do Executivo, as obras na cidade não podem parar, por isso, não vai perder tempo para dar respostas a gente derrotada pelo povo nas urnas. Por fim, lamentou que uma emissora de Rádio Comunitária que deveria servir a comunidade está sendo usada para fazer politicagem.

 

Vitimização – Em um dos trechos do programa, Toinho Nery, levanta questões eleitorais e faz duras críticas aos adversários políticos. Já em outro trecho, Nery se autopromove dizendo que na época que ele foi prefeito não tinha experiencia, em seguida promove politicamente Dílson de Agripino ex-prefeito e deputado estadual.

 

O que diz a Lei – Uma Rádio Comunitária não pode ter fins lucrativos nem vínculos de qualquer tipo, tais como partidos políticos, como explica resolução da Anatel. (Lei 9612/98).

 

A Rádio Comunitária de Tobias Barreto, é gerenciada por político, usada por políticos e para fins políticos. Esta emissora não passa de um palanque e escada de ascensão para um grupo político e desrespeita frontalmente as leis eleitorais todos os dias. Por ela desfilam candidatos a cargos políticos expondo abertamente suas pretensões político/partidárias.

Rádios comunitárias não podem fazer propaganda eleitoral antecipada, positiva ou negativa. Nos termos do art. 36, §3° da Lei n° 9.504/97, a propaganda eleitoral antecipada é punida, com pena de multa de vinte mil a cinqüenta mil UFIRs ou equivalente ao custo da propaganda, se este for maior. Regulamentando o artigo em questão, o C. TSE, através da Resolução n° 22.718, fixou o valor da multa entre R$ 21.282,00 e R$ 53.205,00, sem prejuízo da equivalência ao custo da propaganda, quando for maior.

Sendo assim, conclamamos a fiscalização da Anatel e a intervenção do Ministério Público Federal no sentido de punir os diretores da referida emissora comunitária de Tobias Barreto, a fim de que este veículo de comunicação comunitária respeite o que determina a legislação e se torne de fato e de direito uma verdadeira rádio comunitária, a serviço da comunidade e não dos políticos, a exemplo do senhor Adilson de Jesus e Toinho Nery.

A Anatel já foi informada e está fazendo o acompanhamento da programação da referida Rádio Comunitária. Em caso de comprovação dessas irregularidades, pode haver cassação da outorga. Não há cobrança de nenhum valor nas outorgas de rádios comunitárias, mas quem recebe a concessão não pode auferir nenhum lucro em decorrência da atividade e nem deve usar a emissora para beneficiar políticos, como está acontecendo na Tobias Barreto FM 87,9.

A Carroça Vazia

Num certo dia, um pai convidou o filho para irem de Maratona a Atenas a pé. O filho aceitou com entusiasmo, e disse: _que bom! Meu querido pai, quem sabe se não vejo os ilustres sábios a discursarem na ágora de Atenas.

E foram caminhando, depois de um certo tempo, pararam para descansar debaixo de frondosas árvores a beira de um riacho. Se fartaram de beber água e descansaram sob as sombras ouvindo as melodias dos pássaros.

Nesse ínterim, também se ouvia um barulho. O menino apurou os ouvidos e disse: _esse barulho deve ser de uma carroça.

_Isso mesmo, disse o pai do menino. É uma carroça vazia…
O filho perguntou ao pai:

_Papai, como o senhor pode saber se a carroça está vazia se ainda não a vimos?
Então disse o pai:

_Ora, é muito fácil saber se uma carroça está vazia por causa do barulho. Quanto mais vazia a carroça, maior é o barulho que ela faz.

O menino virou adulto, e quando ele via uma pessoa falando demais, inoportuna, se intrometendo nas conversas dos outros, tinha a impressão de ouvir a voz do pai dizendo:

“Quanto mais vazia a carroça, maior é o barulho.”

Moral da história:

“Quem muito fala, pouco faz.

 

Esopo fabulista grego

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.