Kível brilha e Confiança conquista a primeira vitória na Série B

Artilheiro faz seu primeiro gol após mais de um ano e meio afastado por lesão

Esporte | Por Saullo Hipolito

O Confiança enfrentou o Vitória na noite desta terça-feira (1º) e venceu o seu primeiro jogo, válido pela 7ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o time o Dragão do bairro Industrial sobe para a 13ª posição, com 6 pontos. Já o Vitória perde sua primeira partida, mas permanece em 8º, com dez pontos.

Apesar de iniciar bem a partida, ambos os times foram caindo tecnicamente de produção e encerraram a primeira etapa com poucos chutes a gol e muito erro de passe.

No segundo tempo, a partida ficou mais bem jogada e quando o Vitória parecia mais próximo do gol, o auxiliar técnico Zé Carlos colocou Kível em campo e o artilheiro mandou um míssil para dar a primeira vitória ao time sergipano.

Análise do jogo

Com os times apresentando propostas ofensivas, o jogo iniciou com muita intensidade. O recuo de André Moritz para o meio de campo, no início da partida, favoreceu o Confiança, que tinha mais criação de jogadas nas transições rápidas da defesa para o ataque – estilo que se tornou característico do time.

Por outro lado, o Vitória ameaçava a defesa proletária pelos lados, principalmente com os insinuantes pontas Matheusinho e Eron, que cruzavam na área a todo o momento tentando encontrar um companheiro para desviar a bola para o gol.

O jogo que prometia ser bem jogado foi perdendo o brilho e passou a ser muito disputado no meio de campo, com os principais lances sendo pelo lado do time de Aracaju, que tentava trocar passes, apesar do gramado ainda castigado do Batistão. O Leão baiano arriscava chutes de fora da área, bem defendidos por Jean, mas apresentava muita dificuldade em articular o jogo pelo chão.

Com o passar do tempo, o Confiança adotou nova estratégia e recuou todos os atletas para pegar o adversário desprevenido no contra-ataque, esse puxado, principalmente, pelo centroavante Bruno Paraíba. Mas o time tinha pouca efetividade perto da área e finalizava mal, o que justificou o placar sem gols na primeira etapa.

A parada fez bem para as equipes, que voltaram ao jogo com mais intensidade e buscando o primeiro gol, que parecia mais perto do Vitória. Com a entrada de Vico, o time baiano se tornou mais presente no campo de ataque, fazendo triangulações a todo o momento e ameaçando em contra-ataques velozes.

Já o Confiança apresentava a mesma dificuldade em finalizar do primeiro tempo, até que uma oportunidade clara de gol apareceu nos pés do centroavante do time, aos 22 minutos. Ari Moura quebrou o sistema defensivo com ótimo passe entre a zaga do Leão, Bruno Paraíba saiu cara a cara com o goleirão, que cresceu e evitou o gol.

Foi então que entrou em cena Zé Carlos, o auxiliar técnico optou pela entrada de Leandro Kível e um minuto após entrar no jogo, o K9, jogando com a camisa 18, aproveitou bola que sobrou na entrada da área e soltou o pé para marcar um golaço e abrir o placar para o time de Aracaju. Gol no primeiro toque na bola e o seu primeiro tento após a grave lesão que o afastou dos gramados por mais de um ano e meio.

Precisando do resultado, o Vitória se lançou ao ataque, mas o Confiança, mais tranquilo em campo, dominava as ações e interceptava as jogadas ofensivas do time baiano. Com ansiedade, os atletas não conseguiam ser efetivos e jogavam bolas na área sem capricho. Mas era dia da primeira vitória do Dragão e, com a bola nos pés, o time de Sergipe fazia o tempo passar, até o apito do árbitro. Confiança 1 x 0 Vitória.

Próximo jogo

A 8ª rodada tanto para o Confiança, quanto para o Vitória, será disputada no próximo sábado. O time azulino enfrenta o CSA, no Estádio Rei Pelé, em Alagoas. Já o Vitória recebe no Barradão o Cuiabá. Ambas as partidas acontecem às 16h30.

Ficha técnica

Confiança
Escalação
: Jean; Thiago Ennes, Nirley, Matheus Mancini, Silva; Madison (Everton Santos), Jefferson, Moritz (Marcelinho); Iago (Thiago Luis), Ari Moura (Luan) e Bruno Paraíba (Leandro Kível). T.: Zé Carlos
Gol: Leandro Kível – 29’ 2T
Cartão amarelo: André Moritz e Madison

Vitória
Escalação
: Ronaldo; Jonathan Bocão (Léo), João Victor, Wallace Reis, Thiago Carleto; Guilherme Rend (Jean), Rodrigo Andrade (Lucas Cândido), Marcelinho; Eron (Júnior Viçosa), Léo Ceará e Mateusinho (Vico). T.: Bruno Pivetti
Cartão amarelo: Jean

Edição de texto: Monica Pinto

Veja Também

DR ETELIO DESPEDE-SE DE TOBIAS BARRETO.

Após o grupo ser vitorioso na eleição da chefia do Ministério Público no último mês, …

Open chat
Fale Conosco