MP-SE ajuiza ação de improbidade administrativa contra Jackson Barreto e Almeida Lima

0
13

Ação Civil Pública teve como objeto a inauguração do Centro de Nefrologia.

Por meio de uma Ação Civil Pública (ACP) assinada pelos promotores  Francisco Ferreira, Jarbas Adelino, Maria Helena Lisboa, Bruno Moura e Luciana Sobral, o Ministério Público de Sergipe (MP-SE) solicita que o ex-governador e atual pré-candidato ao Senado Jackson Barreto e o ex-secretário de estado da Saúde, Almeida Lima respondam processo por Improbidade Administrativa.

Datada do dia 27 de julho, a ação movida pelo MP está amparada na inauguração do Centro de Nefrologia do Hospital de Urgência de Sergipe (Huse). Ocorre que o espaço foi entregue à sociedade no dia 5 de abril e dois dias após foi verificado que o mesmo encontrava-se inacabado, o que motivou Almeida Lima a convocar uma coletiva no dia 24 do mês. Na oportunidade, o então secretário reconheceu o erro e declarou ter agido para agradar o gestor.

Na peça,  o órgão fiscalizador pede também, que ambis tenham os direitos políticos suspensos pelo prazo de três a cinco anos, perda da função pública, multa de até 100 vezes o valor da remuneração dos respectivos gestores e proibição de contratar com o Poder Público e receber incentivos públicos por três anos.

Por Daniel Villas-Bôas

Da redação Xodó News

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.