Nove municípios sergipanos serão beneficiados pelo AgroNordeste

0
229
Solenidade de lançamento do Plano AgroNordeste no Palácio do Planalto

Para Laércio, programa irá estimular geração de emprego e renda no sertão

Em Sergipe, os municípios de Canindé de São Francisco, Feira Nova, Gararu, Gracho Cardoso, Itabi, Monte Alegre, Nossa Senhora da Glória, Poço Redondo e Porto da Folha serão beneficiados com a primeira etapa do programa AgroNordeste. Trata-se de um plano de ação do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento (MAPA) para fomentar o desenvolvimento econômico e social sustentável do meio rural na região Nordeste.

“A intenção do plano é somar forças com diversos entes públicos ou não para desenvolver as cadeias produtivas do Nordeste. Aqui em Sergipe trabalharemos com foco em fortalecer a cadeia de leite e do mel, isso como ações concentradas, mas terão ações de maneira mais amplas que serão para beneficiar todo público rural nordestino”, explicou o superintendente Federal da Agricultura em Sergipe, Haroldo Araújo Filho, durante o lançamento do programa nesta terça-feira (22).

O deputado federal Laércio Oliveira destacou a importância do comitê. “A primeira etapa irá beneficiar os municípios com ações focadas no desenvolvimento da cadeia produtiva já existente na região. Esse desenvolvimento vai trazer geração de emprego e renda, além de agregar valor aos produtos dos pequenos e médio agricultores”, explicou.

“Mostrar o potencial dessa região sempre foi foco do deputado Laércio e se preocupou com a região, principalmente quando se falou na hibernação de uma das fábricas, já que tinha o risco de desemprego. Sei do trabalho realizado pelo deputado e essa é uma área do sertão que conheço bem, sou de Nossa Senhora da Glória e coordeno essa região, tendo mais motivos para ficar feliz com o que foi dito hoje em se tratando de ações para a região que tanto precisa desse desenvolvimento”, afirmou o secretário parlamentar Tiago Rangel, que estava representando o deputado Laércio Oliveira no evento.

Representando a ministra da Agricultura Tereza Cristina, o diretor-geral do AgroNordeste, Danilo Forte, fez a instalação junto com o superintendente da Agricultura, Haroldo Araújo Filho. Ele explicou que o comitê é composto por cinco membros que são  Ministério da Agricultura, a Embrapa, a Conab, o Senar e o Sebrae.

“São muitos os desafios  como a cobertura da assistência técnica, adoção de tecnologias, novas oportunidades de integração comercial, oportunidades para a juventude rural, organização dos produtores, energia e conectividade no campo. A energia hoje pode ser um diferencial na agricultura e fator gerador de renda, por isso fizemos questão de trazer a Aneel para esse projeto. Além disso, temos que garantir segurança hídrica e desenvolver produtos com qualidade e valor agregado dando maior retorno financeiros para esses pequenos e médios agricultores”, disse Danilo Forte.

O administrador e ex-vereador de Areia Branca, Gibran Ramos, falou da importância do Plano AgroNordeste, mesmo o município de Areia Branca não sendo contemplado com as ações. “Fiquei feliz com tudo que foi apresentado aqui com as ações com o foco no desenvolvimento dessa região que tem muito potencial, principalmente com a bacia leiteira. Tenho certeza que será um projeto que vai alcançar seus objetivos e vamos presenciar o desenvolvimento do nosso sertão”, frisou.

Também participaram da instalação do Comitê o secretário de Estado da Agricultura, André Luiz Bonfim, o superintendente do Banco do Nordeste em Sergipe, Antônio César de Santana, o superintendente do Sebrae, Paulo do Eirado, do Sistema FAESE/SENAR, Ivan Sobral, o chefe da Embrapa, Marcelo Ferreira Fernandes e a gestora do AgroNordeste pelo Sebrae Nacional, Nilma Costa.

*Fonte: Assessoria de imprensa

 

DEIXAR UM COMENTÁRIO

Política de moderação de comentários: A legislação brasileira prevê a possibilidade de se responsabilizar o blogueiro ou o jornalista responsável por blogs e/ou sites e portais de notícias, inclusive quanto a comentários. Portanto, o jornalista responsável por este Portal de Notícias reserva a si o direito de não publicar comentários que firam a lei, a ética ou quaisquer outros princípios da boa convivência. Não serão aceitos comentários anônimos ou que envolvam crimes de calúnia, ofensa, falsidade ideológica, multiplicidade de nomes para um mesmo IP ou invasão de privacidade pessoal e/ou familiar a qualquer pessoa. Comentários sobre assuntos que não são tratados aqui também poderão ser suprimidos, bem como comentários com links. Este é um espaço público e coletivo e merece ser mantido limpo para o bem-estar de todos nós.