PL de Diná Almeida que cria Campanha Estadual de Prevenção e Combate ao Câncer Colorretal é aprovado na Alese

A Assembleia Legislativa de Sergipe aprovou hoje (13), em Sessão Parlamentar Mista, o Projeto de Lei (PL) 223/2020, que institui a Campanha Estadual de Prevenção e Combate ao Câncer Colorretal, a ser realizada anualmente no mês de março. A propositura, de autoria da deputada estadual Diná Almeida (PODE), foi aceita por unanimidade.

De acordo com a estimativa do Instituto Nacional do Câncer (INCA), só em 2020, cerca de 41 mil pessoas devem ser diagnosticadas com câncer colorretal no Brasil. A doença é silenciosa nos primeiros estágios, sem produzir sintomas, mas é tratável e curável na maioria dos casos, desde que a detecção seja feita precocemente.

Entre os principais sintomas do câncer colorretal estão o sangramento nas fezes, perca de peso sem causa aparente, anemia e fraqueza. A Federação Brasileira de Gastroenterologia recomenda que pessoas com mais de 45 anos, independentemente de sintomas ou histórico familiar, façam o exame de colonoscopia a cada cinco ou 10 anos. O procedimento é a forma mais eficaz de detecção da enfermidade, reduzindo o risco de desenvolvimento do câncer em até 90%.

A deputada Diná Almeida, que tem várias proposituras voltadas para a saúde, destaca a importância da Campanha de Prevenção. “O câncer colorretal é bastante silencioso no início e o diagnóstico nestes primeiros estágios é fundamental para o tratamento e a cura. A Campanha tem papel muito importante em alertar e conscientizar a população a respeito da doença em si, dos sintomas e das formas de tratamento”.

O PL aprovado segue agora para ser sancionado pelo governador Belivaldo Chagas (PSD), para que possa se tornar lei.

por Rafael Teixeira DRT 2310/SE

Verifique também

URGENTE: Ministério Público solicita fim das carreatas em Tobias Barreto

Ministério Público de Tobias Barreto , através do promotor de justiça,  curador da saúde,  Dr Paulo …