URGENTE: MINISTÉRIO PÚBLICO PROCESSA DESO E PEDE ISENÇÃO DE TARIFA, DANO MORAL E ABERTURA DE INQUÉRITO POLICIAL.

Na tarde de hoje, 24.2, o Ministério Público através do promotor de justiça, Dr Paulo José, ajuizou ação Civil pública com pedidos de liminares para obrigar à Deso a fornecer água de qualidade para os Tobienses.

 

De acordo com a ação, o Ministério Público além de exigir o fornecimento de água regular e com qualidade também foi solicitado a isenção de tarifa até a Deso comprovar a qualidade da água fornecida aos Tobienses.

Segundo, Dr Paulo José, essa medida extrema foi necessária tendo em vista a omissão da empresa em regularizar o fornecimento potável de água há anos.
Vários relatos dão conta que o fornecimento de água em Tobias Barreto é precário e a população paga duas vezes já que são obrigados a pagar água mineral para beber.

 

Na ação o promotor de justiça, Dr Paulo José, pleiteou liminar para garantir melhorias no fornecimento de agua imediatamente, inclusive nas escolas em decorrência das voltas às aulas.

Por fim , o Ministério Público ainda solicitou a abertura de inquérito policial para apurar eventual crime contra a saúde pública.

 

 

Veja Também

Em 2020 cerca de 900 mulheres foram diagnosticadas com sífilis  

Aracaju registrou, em 2020, cerca de 900 casos de mulheres com diagnóstico de sífilis. Pelo menos …

Open chat
Fale Conosco